07 - 08

Pai sabe tudo

“Quando seu pai chegar, vocês vão ver só!”, a mãe ameaçava. Naquele tempo, o pai era sempre o bravo. O nosso, mesmo sem nunca ter encostado na gente (apenas ameaçado singelezas como “vou arrancar o couro de vocês!”), só precisava olhar torto para nos pôr para correr (já a mãe podia estar com o

Leia mais »

13 - 04

Faça você mesmo

Outro dia deu uma ventania, e uma telha de casa voou para longe. Veio a chuva, a cozinha alagou. Fiquei olhando a cascata que descia do forro desolada. Como vou consertar? Liguei para minha mãe. Ela é dessas pessoas habilidosas do interior que aprenderam pela necessidade a resolver qualquer problema técnico. Sobe em telhados para

Leia mais »

06 - 04

Tinha uma pedra

Bastava colocar os pés na praia para a caça ao tesouro começar. Dispensando mapas e baús de piratas, eu e meu irmão gastávamos as férias em busca de outras joias: aquelas que, trazidas pelas ondas e encalhadas na areia, apenas aguardavam ser descobertas por quem soubesse enxergar. Eram algas, conchas, tocos de madeira, cascas de

Leia mais »

30 - 03

Feliz de novo

Alguns dos mais preciosos sorrisos de sua vida tomaram seu rosto de assalto em momentos aparentemente triviais. Quando a professora levava a turma para a praça e você passava a manhã inteira descendo pelo escorregador, nas tardes em que driblava baldes e marcava gols contra um goleiro invisível no muro do quintal, naqueles passeios de

Leia mais »

23 - 03

Sorria, meu bem

Há tantos tipos de sorriso quanto de emoções. A gargalhada inesperada, que faz engasgar e sair o refrigerante pelo nariz (e depois gargalhar mais ainda pelo vexame). Risada de fazer lágrimas, queimar a barriga e torcer as pernas para não soltar a bexiga. Tem aquele risinho nervoso, de frio na barriga e vergonha, que dá

Leia mais »


Resultados reais em Digital Sales, Billing, Fulfillment e CRM