Dia do Voluntário: o grande ato de generosidade

Por que é importante doar?
Porque faz bem para todo mundo: para as pessoas beneficiadas, para a instituição
apoiada e para o voluntário em si.
✏ Ilustração: @bergocce e @flowersgiovani

Seu tempo vale muito

Uma das doações mais valiosas que você pode fazer é imaterial: um pedaço da sua rotina, junto com sua bagagem de vida e uma boa dose do seu comprometimento. Se estiver disposto a compartilhar esses patrimônios valiosos, pode fazer a diferença na trajetória de muita gente, por meio do voluntariado. Veja como doar seu tempo e como esse gesto pode ajudar a transformar o mundo – e a sua vida também.

Por que é importante doar?

Porque faz bem para todo mundo: para as pessoas beneficiadas, para a instituição apoiada e para o voluntário em si. No Brasil, há mais de 780 mil organizações não governamentais sem fins lucrativos. A grande maioria se dedica a causas fundamentais, como defesa de direitos, cultura, educação, meio ambiente, proteção animal e saúde. E quase 90% delas não têm condições de manter empregados – ou seja, a participação de voluntários é essencial para manter essas entidades funcionando. 

Mas, apesar desse impacto tão relevante para a sociedade, é comum ouvir de pessoas que fazem trabalho voluntário que eles próprios são os mais beneficiados. Isso porque, quando nos empenhamos em uma causa na qual acreditamos, nossa rotina ganha propósito, pois nos sentimos úteis, fazendo parte de uma transformação positiva. E a ciência comprova que isso traz benefícios para a saúde – física e mental –, como prevenção da pressão alta e da depressão. 

O voluntariado também é uma forma de fazer amigos, adquirir novas habilidades (que podem inclusive turbinar o currículo profissional), conhecer realidades diferentes da nossa e treinar a empatia. No Brasil, há 7,2 milhões de pessoas que fazem trabalho voluntário, o que corresponde a menos de 5% da população – que tal ajudar a fortalecer essa corrente do bem?

Como doar?

Basicamente, você deve entrar em contato com uma entidade na qual gostaria de trabalhar voluntariamente e oferecer seus serviços. Para algumas funções, são exigidas determinadas habilidades ou experiência. Pode haver processo de seleção. E provavelmente você passará por uma palestra ou treinamento para entender melhor como funciona a instituição e como são as tarefas a serem realizadas.

O trabalho pode ser pontual, esporádico ou contínuo. Quase metade das pessoas que realizam voluntariado no Brasil dedica-se à atividade quatro ou mais vezes por mês. Seja qual for a frequência, é fundamental ter comprometimento e responsabilidade. 

Há tarefas de todos os tipos, desde as que envolvem relacionamento direto com as pessoas beneficiadas pela instituição até atividades mais burocráticas, ligadas à administração da entidade. Em alguns casos, é possível atuar à distância, pela internet.

A doação de tempo também pode ser feita de maneira informal. Você pode começar com uma pequena ação, como ajudar um vizinho idoso ou de outros grupos de risco a fazer compras durante a quarentena causada da Covid-19, por exemplo. O importante é fazer a diferença!

Onde doar?

Existem sites especializados em conectar pessoas que querem prestar trabalho voluntário a ONGs que necessitam desse tipo de colaboração. O Sociomotiva, o Atados e o Seja um Voluntário são exemplos.

Se preferir partir de uma lista de entidades sem fins lucrativos reconhecidas pela qualidade do trabalho que realizam, confira as 100 melhores ONGs do Brasil, segundo avaliação feita pelo Instituto Doar. Aqui no site da MOL, em nossa Central de Impacto, você também pode conferir dezenas de ONGs já apoiadas por nossos projetos, classificadas por área de atuação. Outro caminho é o portal da Abong, associação que reúne as ONGs do Brasil.

Mas talvez o lugar ideal para seu voluntariado esteja mais próximo do que você pensa: quais são as entidades sociais da sua cidade em que você confia? Que tal entrar em contato com elas para saber se você pode ajudar?

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *